O modelo de ensino adoptado no Mestrado em Produção é o semi-presencial, tendo uma fase presencial que ocorre em cinco semanas de cada semestre da fase curricular sendo que, nesta fase as aulas ocorrem no período diurno das 8:00 horas às 17:00. Na fase a distância, os estudantes e professores estão separados fisicamente mas interligados por meio das tecnologias de comunicação e interação e dos materiais didáticos empregados. Esta fase permite a flexibilização curricular, dando aos profissionais novas oportunidades de frequentar um curso especializado, e permite chegar aos que sentem a sua progressão académica prejudicada pela distância e por falta de tempo, possibilitando a sua formação dentro do próprio emprego devido a possibilidade de cada estudante estabelecer o próprio horário de trabalho, desde que respeite os prazos de submissão dos trabalhos.